19/01/2018

[Resenha] Mais Escuro – E. L. James

Oiiii Meus amores!

Acho que vocês já sabiam que eu ia ler e resenhar esse livro aqui no nosso cantinho, né? 😎

Quem segue a gente por aqui já sabe que a blogueira é submissa fã enlouquecida e assumida do Sr° Grey. 🤩 Quase tive uma síncope quando comecei a ler Grey (tem resenha AQUI), então imaginem como comecei a ler Mais Escuro! Já com as mãos tremendo de emoção.

Meu coração sorri feliz quando um autor escreve a versão do mocinho para um livro narrado pela personagem feminina. E esse aqui é especial pra mim, já que o livro 2, Cinquenta Tons Mais Escuros, é o meu livro preferido da série.

Então, sigam-me aquelas que querem entrar mais uma vez na mente sombria do Sr° Grey!

Descrição
O relacionamento quente e sensual de Anastasia Steele e Christian Grey chega ao fim com muitas acusações e sofrimento, mas Grey não consegue tirar Ana da cabeça. Determinado a reconquistá-la, ele tenta suprimir seus desejos mais obscuros e sua necessidade de controle absoluto, e disposto a amar Ana nos termos estabelecidos por ela.

Mas os horrores de sua infância ainda o assombram, e, como se não bastasse, o chefe manipulador de Ana, Jack Hyde, claramente a quer. Será que o terapeuta e confidente de Grey, Dr. Flynn, poderá ajudá-lo a enfrentar seus demônios? Ou será que a possessividade de Elena, sua sedutora, e a devoção perturbada de Leila, sua ex-submissa, vão arrastá-lo para o passado?
E se Christian vai reconquistar Ana, será que um homem tão sombrio e cheio de problemas espera mesmo mantê-la?

Amores, repetindo o imenso amor que foi Grey, a linda E.L. James reescreveu Cinquenta Tons Mais Escuros pelo olhos de Cristian. Mas claro que isso vocês já sabem, né?! (dãaaaaa!) E mesmo a gente já sabendo o que vai acontecer, nós fãs queremos mais e mais.

Então, não adianta eu ficar aqui recontando como é a história do livro, vou apenas dizer como foi a leitura pra mim e espero muito que vocês me contem lá nos comentários como foi pra vocês, tá bom?

A estrutura de Mais Escuro é igual a de Grey, onde os capítulos são divididos de acordo com os dias em que eles passam juntos no livro 2 original. Até aí tudo bem, o que eu estava mesmo mega curiosa para saber era o que o Christian fez durante os cinco dias em que eles ficaram separados.

Isso é ciúme. É esta a sensação: de ter as entranhas arrancadas, de perder todo o controle. Não gosto. Não gosto nem um pouco.

Já tinha fantasiado várias situações em que ele tramava para ter a Ana de volta. Aliás, eu tinha certeza de que o nosso lindo Sr° Grey tinha planejado várias situações pra ela. Só que, sem querer dar spoiler, mas já dando um pouquinho (não me odeiem pelamor!), não foi bem assim.

Tipo, ele até planeja as coisas, claro, mas pra mim ele seria como um estrategista de guerra mesmo. Frio e calculista e com o único objetivo de ter a Ana de volta. Como não foi bem assim, sofri minha primeira decepção com o livro. 😭

Que diferença faz um dia.

Sorrio. Ela é minha, mais uma vez.

Vocês devem ter pensado “ué? Primeira? Tem mais???”, pior que tem sim… Acho que quando a gente cria muita expectativa para ler um livro, às vezes damos com a cara no chão. E isso aconteceu comigo em várias cenas que são pontos chave da história. Sei que as coisas não podem ser sempre como eu imagino, mas mesmo assim fiquei triste.

Ninguém pode amar um monstro, não importa o quão compassiva a pessoa seja.

Em alguns trechos me pareceu que os diálogos não batiam com o que se passava na mente de Christian. Não sei se isso se deu comigo por eu ter lido muitas vezes Cinquenta Tons Mais Escuros, mas alguma coisa não “desceu bem” em algumas partes.

Mas claro que nem o livro todo foi assim! Por exemplo, na minha cena preferida de todos os três livros, quando Christian se ajoelha na frente de Ana, foi muito incrível mesmo. Fiquei bem mexida nessa parte, pois a cena já é intensa pela visão da Ana, então ler pela perspectiva do Christian foi lindo. Saber como ele se sentia de verdade quando ela tocou nele valeu o livro todo.

Preciso encarar a realidade de que quando Ana souber meus segredos, ela vai me deixar, e tentar as coisas do jeito dela só vai prolongar o inevitável.

Amores, claro que todas nós, fãs dessa serie linda, temos que ler Mais Escuro. Mesmo eu achando que bem lá no fundo o livro foi mais do mesmo, a história continua ainda mais apaixonante. Realmente é um livro que foi escrito para nós que amamos eternamente essa lindeza de história.

Sou um menino perdido, parado na sua frente. Sem amor. Abandonado pela única pessoa que supostamente tinha que me proteger, porque sou um monstro.

Pra a blogueira aqui, a leitura foi cheia de amor e alguns altos de baixos, mas incrivelmente inesquecível. Temos algumas revelações e fatos novos que não constavam no livro 2, claro. É isso que torna essa lindeza uma leitura obrigatória para as apaixonadas pelo Sr° Grey.

Mais Escuro é o livro 5 da série Cinquenta Tons de Cinza, da linda E.L. James onde o livro 2, Cinquenta Tons Mais Escuros, é recontado sob a perspectiva de Christian Grey.

Mais Escuro

Cinquenta Tons mais Escuros pelos olhos de Christian Grey

Cinquenta Tons de Cinza, livro 5

Grey, livro 2

E. L. James

Editora Intrínseca

Classificação: ★★★★☆ (4/5)

Vamos completar nossa coleção? Vai comprar essa lindeza? Ajudem o nosso cantinho literário comprando Mais Escuro pelos nossos links aqui em baixo:

Livro Físico

Kindle

 

Vocês vão me contar o que acharam de mais esse livro lindo da vida, não vão? Estou esperando!

Bjos 1000!

Jaque

Jaque

Carioca, casada e apaixonada por livros. Lê de tudo, mas prefere romances.Totalmente Disney Freak, ama tudo que a Disney produz. O apertamento onde mora quase não comporta o tamanho do amor pelos livros (agora compra mais e-books), até porque, metade de mim ama ler e a outra metade está ali com um livro na mão.

"...as lost as Alice as mad as the Hatter"
Jaque

12 Comentários

  1. Larissa Gonçalves says:

    Estou ansiosa esperando o meu livro chegar!!!
    Cinquenta tons mexeu muito
    comigo, é aquele tipo de livro que nunca vamos nos cansar de ler!! ❤❤❤❤

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Larissa!
      Você falou tudo! Como não ler e reler essas lindezas né?
      Me conta como foi a leitura para você assim que seu livro chegar, tá bom?
      Bjos 1000!

  2. Karen Meneses Reis says:

    Oi Jaque, tudo bom? Primeiramente gostei muito do seu blog e da sua maneira de resenhar, parece que vc esta conversando cara a cara com a gente! Bem, eu não sou tão fã assim da autora e da história em si, acho ela com muitos furos (em comparação com livros de sucesso e “profissionais” por assim dizer) é meio difícil de entender certos pontos como a extrema, e constante aversão do Christian em vários pontos, como ele sendo um monstro e tudo o mais.Acho forçado demais. Erika se perde em um temor psicológico numa história erótica. E seus diversos talentos sexuais e sempre matam a Ana me leva pensar que a E. L exagera um pouco na perfeição (ele faz tudo o que uma mulher gosta, bate uma pra ela, vai com a boca, mete o tempo todo,85% das vezes chegam lá juntos, e claro uma pouca variedade de posições… ) como uma mulher racional, devo dizer… nem sempre é assim. Assim como Grey tem um demasiado enfoque em Ana e tudo ao seu redor, e na visão dele ela é bem irritadinha. E aquele medo constante dela ir embora… muito repetitivo.Ele manda a mãe dele se foder. A mulher que o acolheu… O salvou… Ele pensa em mandá-la se foder. Sinceramente…
    Gostei da maior descrição do seu tempo no trabalho, mais que em Grey, sei que isso dá mais realidade e um bom cenário na história, ou você entendeu de primeira o que o cara faz?
    Sei que parece que eu sou uma hater mas não. Apenas discutindo os pontos do livro.

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Karen!
      Olha, fico muito feliz mesmo em saber que você gosta aqui do nosso cantinho e eu realmente tento escrever como se a gente estivesse conversando, obrigada por perceber.
      Olha, entendo perfeitamente o seu ponto de vista e concordo com você em vários pontos. Hoje eu tenho uma visão mais ampla da escrita dela e também senti o que você disse em relação a qualidade do texto. Também concordo que as descrições de ambos são um tanto exageradas e muitas coisas são fora da realidade, mas por ser um livro eu aceito e acho válido esses superlativos. Claro que a realidade é beeeem diferente e concordo com você.
      Quanto ao trabalho dele, eu já trabalhei em escritórios e grandes empresas e entendia o que ele fazia, mas as descrições foram muito bem vindas em ambos os livros mais no sentido da gente conhecer ele, o profissional Christian Grey, não o CEO.

      Claro que você não é uma hater, você só fez uma analise bem definida, que aliás, eu amei! Foi ótimo conversar com você.
      Bjos 1000!

  3. Flavinha says:

    A escritora não fez uma prévio do prómixo livro, como fez em Grey, nos presenteado com o que seria o 1° Capítulo de Mais Escuro…
    Teremos uma continuação?!

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Flavinha!
      Pois é, agora você me pegou… Mas acredito que teremos uma continuação sim, não temos porque acreditar que não.

      Bjos 1000!

Deixe um Comentário