15/11/2015

[Resenha] Play – Kylie Scott

Oiii Pessoas lindas da minha vida! 💜

Estou na vibe dos astros do rock literários! 🎤 🎸 É a segunda resenha que faço sobre eles em menos de um mês, (a primeira resenha está AQUI) mas quem pode me culpar, né?! É impossível resistir… Ainda mais quando eles se comportam como cãezinhos que caíram do caminhão da mudança. Exatamente como o Mal, o sexy baterista da banda Stage Dive e herói de Play.

Ah, como esse é o segundo livro da série, a resenha pode conter alguns spoilers do primeiro, já que o livro em si é um spoiler ambulante. Se você ainda não é tiete da banda Stage Dive é porque não leu o primeiro livro, Lick, mas “não priemos canico” tem resenha sobre ele AQUI.

Mas se você já é quase presidente do fã clube deles #tamuJunto, vem se divertir comigo!

Play-Stage-Dive

Pra variar, eu li em inglês, mas o Universo dos Livros manteve a capa linda americana.

Sinopse:

Ele precisava de uma namorada de mentira. Ela precisava de ajuda financeira. Mas será que eles vão conseguir não misturar os sentimentos com os negócios?

Mal Ericson, o baterista da mundialmente famosa banda de rock Stage Dive, precisa melhorar sua imagem, e rápido. Ter uma boa garota ao seu lado parece ser o suficiente. Mal não planejara que este artifício temporário se tornasse permanente; no entanto, ele não esperava encontrar o amor de sua vida.

Anne Rollings jamais pensou que conheceria o rockstar que inundava as paredes de seu quarto na adolescência – especialmente não naquelas circunstâncias. Anne está com problemas financeiros, e dos grandes. Porém, ser paga para ser a namorada de mentira de um selvagem e festeiro baterista não poderia terminar bem, não importa se ele é muito gostoso. Será que um final feliz é possível nesse caso?

Vamos começar conhecendo Anne, até porque é ela quem narra o livro, uma menina que acabou de ser passada para trás pela colega de quarto. A traíra foi embora do apartamento devendo dinheiro a Anne e ainda levou todas as coisas dela, inclusive o sofá. Anne está totalmente sem dinheiro para pagar o aluguel e provavelmente será despejada. Sem contar que dói ser apunhalada pelas costas por quem você considera sua amiga. Eu fiquei com muita pena dela, porque sou mega apaixonada pelas minhas amigas e acho que não lidaria nada bem com uma situação dessas. Então me afeiçoei por ela de cara.

“A vida é uma música, Anne. Vamos tocá-la.”

Ela é uma ótima menina, trabalhadora e daquele tipo de pessoa que conserta as coisas. É o que ela faz. Anne esta ainda assimilando a ideia de que foi abandonada pela amiga quando sua vizinha Lauren (lembra dela? Ela é a melhor amiga da Ev, esposa do David, o guitarrista do Stage Dive. Olha o spoiler do primeiro livro aí, gente!) entra no seu apartamento. Lauren agora mora sozinha com o namorado já que Ev, que era também sua colega de quarto, agora mora com o marido. Então ao ver o estado de Anne ela a convence a ir a uma festa na casa de Evie.

Imagina o que é ser convidada para ir a uma festa na casa de um dos seus ídolos? Eu morreria! 😱 Depois de muita insistência, Anne aceita e chagando lá ela conhece o ídolo de sua adolescência: Mal Ericson.

IMG_2087

Mal e eu… o amor é lindo!

Mal é um antigo amor meu também, desculpa Anne, mas eu me apaixonei por ele no primeiro livro da série. #antesDeVocê Ele é demais! Super engraçado e aqui no segundo livro, descobrimos que ele é sempre a alma da festa. Além de super divertido, ele tem as melhores tiradas de todas. Está 99% do tempo feliz e brincado e é impossível ler sem um sorriso no rosto. Eu fiquei sorrindo feito uma bobona durante toda a leitura. 😍

“Lá vamos nós,” ele disse sem tirar seus olhos de mim. “Ela não faz isso para você ou para o Davie. Só eu ganho o olhar enlouquecido. Porque eu sou especial.”

Menos hoje. Enquanto a festa está rolando lá dentro, Mal está isolado num canto do lado de fora. É quando ele conhece Anne. Ele logo percebe que ela é super mega fã dele e tira proveito disso. Fala para todos que ela é a garota dele e diz a ela que vai morar com ela assim que descobre o problema que ela está vivendo.

Claro que Anne não acredita nele, mas no dia seguinte quando ela chega em casa quem é que está morando lá? Pois é, Mal simplesmente se mudou para o apartamento de Anne e até comprou um sofá novo para ela. #lindo

– Entãooooooo, você não estava só um pouco a fim de mim. Você é minha maior fã. Você me ama.

– Eu não amo você.

– Você me ama muito. Eu sou tudo pra você. Você estaria perdida sem mim.

Então eles fazem um trato, ela precisa de um colega de quarto e ele, por algum motivo, precisa de uma namorada. Eles concordam em não se envolver fisicamente mais do que necessário, porque como namorados eles precisam se beijar né?! rsrsrs Já imaginou?

E tem mais, durante a leitura a gente percebe que eles possuem personalidades totalmente opostas. Ele leva tudo na brincadeira enquanto Anne é a preocupada, a pessoa séria e tals. E por mais que a vida do Mal seja perfeita, a gente percebe que ele também tem problemas, o que vem bem a calhar já que isso é o que a Anne faz, ela conserta as coisas.

Amores, esse livro é mega divertido, apaixonante, um pouco hot, mas acima de tudo envolvente. A leitura é tão deliciosa que você nem vê o tempo passar. É a prova de que viajar no tempo é possível. Fiquei ainda mais apaixonada pelo lindo do Mal. Mais do que aconselho a leitura da série toda!

Play-stage-dive-2

Play é o segundo livro da série Stage Dive, ela  é composta por quatro livros e cada um conta a história de um componente da banda.

Play

Stage Dive, livro 2

Kylie Scott

Universo dos Livros

Classificação: ★★★★★ (5)

Pessoas, como eu aconselho demais a leitura #tiete, tem Play a venda em português aqui:

Livraria da Folha Livraria da Travessa

 

Ah, me conta aqui nos comentários se você também é apaixonada pelo Stage Dive. Amo falar com vocês.

Ps.: As minhas lindas que perguntaram aqui no blog e nas redes sociais por que a resenha não saiu na sexta, meu notebook está com defeito. Estou usando o do marido, mas já comprei outro e a próxima resenha estará online sexta sem falta.

Muito obrigada pelo carinho!

Vocês são as melhores.

Bjos 1000!

Jaque

Jaque

Carioca, casada e apaixonada por livros. Lê de tudo, mas prefere romances.Totalmente Disney Freak, ama tudo que a Disney produz. O apertamento onde mora quase não comporta o tamanho do amor pelos livros (agora compra mais e-books), até porque, metade de mim ama ler e a outra metade está ali com um livro na mão.

"...as lost as Alice as mad as the Hatter"
Jaque

8 Comentários

  1. valdirene says:

    eu amei lick e estou apaixonada por play eu ja gostei do Mal no primeiro e pela sua resenha amei mais ainda ansiosa por esse livro , parabéns amo sua pagina …bjss

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Val!!! (olha as intimidade…😜)
      Até no primeiro livro o Mal é tudo de bom né?! Impossível não se apaixonar por ele. #somosDessas
      Minha linda, to aqui mais feliz que filho de barbeiro em quermesse lendo seu comentário. Fico toda boba quando falam que gostaram do blog.
      Muito obrigada pelo carinho.
      Você fez uma blogueira feliz.
      Bjos 1000!

  2. Aline says:

    Oi…
    Adoro ver as resenhas aqui do blog.
    Amei Lick e vou começar a ler Play… Mal já me cativou logo de cara.
    Parabéns!!

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Aline, minha linda!
      Você adora as resenhas e eu AMEI ver seu comentário aqui! Muito obrigada mesmo pelo carinho. Fico super feliz por você gostar aqui do blog.
      Você também ficou encantada com o Mal desde o primeiro livro né?! Ele é demais!
      Ah, volta aqui e me conta o que você achou quando terminar de ler Play. Amo saber a opinião de vocês.
      Obrigada.
      Bjos 1000!

      • Aline says:

        Olá Jaque, td bem?…
        Realmente como não amar Mal?!
        Se ele já era incrível no 1º livro, neste então ele é demais…. Amei o livro.
        Quero muito ler os outros livros da série sobre o Jimmy e o Ben.

        • Jaque
          Jaque says:

          Oiii Aline!
          Que bom saber que você amou o livro! Eu fiquei mais feliz ainda por você ter voltado pra me contar. #blogueiraChiclete
          Obrigada mesmo pelo carinho! 😍
          Eu estou na curiosidade agora para ler o livro do irmão do David, não lembro qual dos dois é ele, mas a história dele com essa “babá” da reabilitação promete, né não!
          Bjos 1000!

  3. Thay says:

    Oiee, adorei sua resenha, estou muito ansiosa para ler Play, assim como os outros, mais irei começar com Play mesmo, acho que não altera nada. Mal é o tipo de bad boy que eu gosto e que agora eu amo <3 <3
    Muito boa sua resenha, e essas frases então? uiii, estou louca para ler….
    Beijoss

    • Jaque
      Jaque says:

      Oiii Thay, minha linda!
      O Mal é tudo de bom na vida mesmo. Depois volta aqui pra me contar o que você achou dessa lindeza, tá?!
      Bjos 1000!

Deixe um Comentário